Id, Ego e Superego: Superficialidade e Medo

freud-superego-id

Bem didático😀

O Id é a instância básica da personalidade: é aquilo que te move, a “força primária” que nos leva a atitude. Atitude essa ligada à necessidade de prazer; nos “mexemos, tomamos uma atitude” buscando uma fonte de prazer, ou conforto, seja ele qual for.

Mas o Id, por si só, é apenas uma “criança” interna. Porque como qualquer criança, tudo o que busca é se satisfazer. O bebê, quando tem fome, sede, sono, necessidade de evacuar (ou é impedido disso por algo como uma cólica, por exemplo), chora. O Id, na idade adulta, é um pouco mais sutil: te deixa tenso.

InnerChild_character00_mens

 

Quase isso… Ele sempre vai se expressar assim…

Melhor dizendo: desde bebê, quando você não tem um desejo satisfeito, ou necessita que um desejo seja satisfeito, o corpo lhe devolve esse desejo na forma de tensão. Quando você é um bebê, você chora, até por não ter outra forma de expressar isso. Na fase adulta, isso se transforma em tensão, stress, ansiedade, etc.

inner_child_ceramic_travel_mug

… quando na verdade, é mais assim…😉

O Superego é a instância mais externa. É formado culturalmente, através da vivência e do aprendizado; você não nasce com ele. Você nasce como Id, apenas. O Superego é um amalgama de tudo aquilo que a sociedade espera de você. Do que você deve aceitar ou não, o que e como deve fazer, quando, de que forma, etc. Num exemplo bem simples, o Superego está agindo quando você lembra que sempre deve lavar as mãos antes das refeições. Ou a forma como você deve se vestir, de acordo com determinada ocasião (pra não ir de sunga a uma conferência profissional, ou ao consultório dentário de robe). Ou seja, são lições aprendidas sobre aquilo que é ou não socialmente aceitável. Se você não aceitar a imposição do Superego, você se torna alvo de “escândalo”, “vergonha”, “exclusão social”.

5.0.2

 

Basicamente, é isso que ele faz.

O Ego é você, sempre escravizado por um ou por outro. Ora você atende seus desejos e impulsos (Id), ora você aceita as limitações sociais (Superego). Por MEDO: você não quer passar vergonha (tensão provocada pelo Id), você não quer ser objeto de escândalo, você não quer ser excluído da sociedade.

IDEGOSUPEREGO

 

Hahaha!

Isso gera a Superficialidade: você não demonstra como realmente é. Certos atos, pensamentos, idéias, desejos, não são aceitos pela sociedade, em geral. Então você passa a usar uma máscara, que esconde aquilo que você realmente é. E mostra pra sociedade aquilo que ela quer que você seja. Mas dentro de você, o Id ainda continua mantendo o desejo, a vontade, a necessidade de prazer. E você busca meios (em alguns casos, obscuros) de satisfazer o Id.

mascara

 

E você começa a mostrar ISSO pras pessoas…

A não satisfação dos desejos do Id gera a Neurose. Não que o Id não deva ser “regido”, “educado” a se satisfazer quando haja a possibilidade, mas os desejos do Id, em algum momento, necessitam serem satisfeitos. Ou a neurose perdura.

neurose

 

… enquanto por dentro, você se sente assim.

Por outro lado, atender sempre à limitação do Superego é extremamente danoso: você deixa de atender seus desejos básicos por conta de uma imposição social, que possivelmente, nada tem a ver com você. Ou que em nada vai alterar a sua vida. Ou ainda melhor: algo que diz respeito apenas a VOCÊ.

Deve haver em tudo, sempre, o Equilíbrio. Existe o momento certo pra atender o Id, e o momento certo pra se deixar obedecer ao Superego. O importante é que o Ego (você) esteja bem, com você mesmo. Sempre.

id-ego-superego

 

Mais fácil assim, né? 

6 thoughts on “Id, Ego e Superego: Superficialidade e Medo

  1. Muito bom:-) Sabe… A estratégia que eu uso é smepre me perguntar: vale a pena respeitar certas coisas? Exemplo: se não gosto de um colega d etrabalhoe as funções profissionais dele nada tm de ver com as minhas, posso tratá-lo com indiferença e nem falar bom dia sem o menor problema. (E assim ajo, quem me conhece, sabe). Sabe popr qu~e? É que ninguém paga minhas contas.

  2. Pingback: Id, Ego e Superego: Superficialidade e Medo | Rock me ON: mexendo com você até não poder mais!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s